Atenção

É livre a manifestação do pensamento; é livre a expressão da atividade intelectual e científica; é inviolável a intimidade, a vida privada; é livre a associação para fins lícitos (Art. 5º, incisos IV, IX, X e XVII, da CRFB/1988).


Todo mundo fala do Michel Teló

Stress inútil 
Opinião - por Bettina Riffel 

foto ilustrativa / da internet
Nos últimos tempos tenho percebido que o dilema (exagerei hehe) de muitas pessoas na Alemanha (de diversas nacionalidades) tem sido Michel Teló. 

Conversando com um amigo, cheguei a seguinte conclusão: assim como varias outras músicas, também este hit de verão ñ tem a intensão de nos ensinar algo. Nem acredito que esta tenha sido a intenção dos compositores ou do cantor.

Michel Teló é um brasileiro. Que bom. Mas será que não é por isso que o criticamos?

Lembram dos tempos do "assereje"? Fez sucesso no mundo inteiro e nem se quer tinha letra. Ou tantos outros hits que vieram que vieram da Espanha? Costa Rica? Todos os anos tem um hit diferente. Será que por estes ñ serem brasileiros, deixamos de reclamar e apenas ignoramos. Talvez no futuro outra música alemã vire hit na Europa. Lembram do Samba de Janeiro, da banda Bellini? É uma banda alemã. Pop-alemã.

Eu não estou discutindo a qualidade da música AI SE EU TE PEGO mas sim as atitudes das pessoas. Por que tanta frustração? Calma minha gente. Primeiro porque nem vai adiantar você gostar ou não. Nada vai mudar por causa da sua ou da minha opinião.

É uma questão de gosto, concordo. Mas preciso dizer também: Chico Buarque e Tom Jobim não vão virar hit de verão nunca. 
O q eu ñ entendo é porque tanta reclamação. Saibam separar HIT DE VERÃO de outras músicas. Que bom q este ano é um brasileiro quem está tirando vantagem do sucesso. Parabéns que ele conseguiu. Muito bem!

Ano que vem poderá ser de novo, quem sabe, um espanhol, ou um cantor da Romênia, como nos tempos do Dragostea Din Tei, de O-Zone, lembram desse? 

A maioria das pessoas ñ quer fazer churrasco ao som de Elis Regina. 

Será mesmo que não estamos sendo intolerantes?

Nenhum comentário: